terça-feira, 14 de abril de 2009

Ontem...

Ontem... Abri uma gaveta e de repente, dei de caras com o que julguei perdido... Era uma fotografia, do tempo da saúdade, da mocidade pois éra!!! Parecia que viajara no tempo, que já não voltava a recordar; Parecia que já tinha esquecido Pois no verso uma data escrita, e que eu já não tinha memória. A foto amarelou; que naquele móvel, o tempo fechou... A olha-la estava o futuro; foi um filme que passou, só hoje é que eu entendi... que ao abrir a gaveta de repente dei de caras com a saudade e á minha frente estava uma fotografia, que me olhava e via, o homem que hoje sou!!! Pois é... "O passado, mais ou menos agradável, ou mais ou menos pensado e planeado, age sobre o futuro com um poder igual ao próprio presente e a vida só pode ser compreendida olhando o passado... mas só pode ser vivida andando para a frente". (J.B.)
video

Sem comentários: